30 julho, 2011

Pitbull um cachorro como outro qualquer,muito companheiro e amigo


Pit Bull é um termo genérico que se refere a um conjunto de raças de cães, incluindo (mas não se limitando) ao American Pit Bull Terrier, o American Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, e os cruzamentos entre essas raças. Costuma-se usar o termo Pit Bull para designar a raça American Pit Bull Terrier.


(Assim como há criminosos criando Pit Bulls para brigas e para amedrontar pedestres nas ruas, há também criadores sérios e éticos de APBT. Para piorar as coisas, os maus criadores muitas vezes deixam de treinar seus cães para não agredirem humanos, como os criadores do início do século passado faziam. Pelo contrário, treinam os cães para serem o mais violentos possíveis.)
uma pena pois cachorros devem ser ctiados com carinho e respeito coisas que geralmentem não fazem com essa raça.




Como resultado, o termo Pit bull é hoje pejorativo e instiga medo em muitas pessoas. O preconceito gera lendas urbanas como a de que suas mandíbulas têm a forma de um alicate, que se trancam sob a carne de suas vítimas, exercendo dez toneladas de pressão, e não poderiam ser abertas a menos que o cão tivesse a cabeça arrancada, que sua caixa craniana é menor que seu cérebro, fazendo com que ele tenha muitas dores de cabeça e ataque até seus donos (mesma lenda que foi usada na época dos Dobermann), ou que é um cão criado em laboratório, com uma substância injetada para ficar louco e agressivo.



O resultado é o preconceito indiscriminado, que faz autoridades banirem Pit Bulls das comunidades, e companhias de seguros cancelarem seguros se a casa tiver um Pit Bull.

Na verdade, o Pit Bull é um cão inteligente, e muitos de seus exemplares são obedientes; são cães saudáveis que reclamam pouco e oferecem muito aos seus donos. Há até mesmo casos de cães que servem de guias para cegos e já são usados como cães de terapia em hospitais e clínicas para ajudarem crianças deficientes.



Assim como outros cães, Pit Bulls podem ser defensivos com relação ao seu território, mas, de modo geral, cães de luta não são territoriais. Como em todas as outras raças, alguns de seus membros mostram uma desconfiança com relação a outros animais, e uma propensão a atacar animais que se aventurem a cruzar seu caminho, no caso do Pit Bull, essa agressividade é tida como normal, visto ser um cão criado para rinhas. Como já dito, devem ser sociabilizados desde filhotes com todos os tipos de pessoas, desde crianças a idosos, pois como todo cão, podem estranhar uma criança se nunca tiverem visto uma.o que é normal em qualquer cachorro .



Pit Bulls são bons animais de estimação, mas devem ser tratados com cuidado e respeito por quem decidir criá-los. Quando em público, sempre devem usar guia curta, focinheira, enforcador ou coleira resistente, sendo conduzidos por pessoas com força física suficiente para conter o animal no caso de euforia. Não são recomendados para quem nunca teve cães.



O principal fator condicionante da transformação do Pit Bull num animal agressivo é o cruzamento indiscriminado da raça sem se avaliar o temperamento dos animais. Animais agressivos com seres humanos não devem ser inclusos em planos de criação, para assim evitar a transmissão hereditária dessa falha.



Um criador de American Pit Bull Terrier demora anos para seleccionar um cão adequado para a sua finalidade, que seja passível de controle, e, ao mesmo tempo, afetuoso. Pit Bulls selecionados não atacam os seus donos ou treinadores, mesmo no calor do combate, por serem facilmente manipuláveis no momento da luta. Segundo criadores, podem ser separados em segundos por qualquer pessoa usando de método simples como o travamento dos quartos entre as pernas e um breakstick (objeto em forma de cunha feito de madeira resistente ou fibra com aproximadamente 25 centímetros que é introduzido na boca pela lateral fazendo movimentos leves para cima e para baixo).



E segundo resultados da American Temperament Test Society (ATTS), instituição que estuda e avalia o temperamento e comportamento de milhares de cães de diversas raças, diante de situações variadas, pessoas diferentes, o seu equilíbrio, capacidade de avaliação e reação, instinto de proteção e agressividade, o American Pit Bull Terrier teve um dos maiores índices de aprovação, estando dentre os mais dóceis e menos propensos a atacarem uma pessoa, ficando inclusive a frente de Collies, Cockers, Pastores Alemães, Golden Retrievers, e Dálmatas.












é um cão forte, resistente, musculoso, valente e determinado, qualidades vitais para um cão de defesa e vigilância . O PIT BULL cuida zelosamente do seu dono e também é um ótimo companheiro de toda a família especialmente das crianças, porém é um cão que necessita de muito exercício e preferencialmente deve ser adestrado desde cedo para que não adquira vícios que venham a causar um desvio de comportamento. Nota-se um grande prazer por parte destes cães de trabalhar, seja para cumprir simples tarefas de obediência ou trabalhos mais complexos como farejar drogas e participar de provas de adestramento. 


PADRÃO OFICIAL - UKC, de 01/01/1978 (país de origem - USA)








CABEÇA - de tamanho médio, em formato retangular

CRÂNIO - achatado e mais largo na altura das orelhas, com bochechas proeminentes e livres de barbelas.

FOCINHO - quadrado, largo e profundo. Mandíbulas bem pronunciadas e demonstrando força.. mordedura em torquês com os caninos superiores encaixando-se à frente dos inferiores.


ORELHAS - devem ser inseridas altas e livres de barbelas.(o corte ou não é característica pouco importante e de função estética ).


OLHOS - redondos e distantes entre si, de inserção baixa no crânio. Não há restrição de cor.

NARIZ -(trufa) -de cavidades bem abertas e sem restrição de cor.


PESCOÇO -musculoso, levemente arqueado, afilando dos ombros até a cabeça e de pele solta.

TRONCO -potente e levemente arredondado.


OMBROS -oblíquos e largos, fortes e musculosos.

PEITO -profundo, mas não muito largo e com costelas bem abertas e arqueadas.

COXA -.comprida, com musculatura desenvolvida


CAUDA -curta em comparação ao corpo. Portada baixa, afilando da base à extremidade. Não deve ser mantida sobre o corpo, cauda curvada não é permitida.

MEMBROS -grandes, de ossatura arredondada, com quartelas retas e aprumadas, razoavelmente fortes. Patas de tamanho médio. Jarretes retos e baixos.


MOVIMENTAÇÃO -deve ser leve e elástica. Movimentos devem ser regulados

PELAGEM -curta e dura ao toque , deve ser lustrosa.

COR -todas são aceitas e também suas marcações e combinações.


PESO -machos: entre 35 e 60 libras, fêmeas: entre 30 e 50 libras.



         Pit bull SERIA A JUNÇÃO DAS RAÇAS


1-American Staffordshire Terrier
Estados Unidos



American Staffordshire Terrier

Este cão tem diversas qualidades, inteligentes, excelentes guardiões, protegem devotadamente seus donos, conseguindo distinguir se a pessoa que se aproxima tem boas ou más intenções, podendo ainda, com um pouco de treino conviver pacificamente com outros cães. O cão é um dos melhores amigos das pessoas e em muitos aspectos é visto como valente dependendo do tipo da criação que as pessoas o dão ao animal. O Amstaff, como é conhecido, é visto como um dos melhores cães, até sendo usados para terapias ou obrigações públicas, como na polícia e bombeiros

2- Staffordshire bull terrier
 Reino Unido da

Grã-Bretanha e Irlanda do Norte



Staffordshire bull terrier

Como razão para sua origem estão as rinhas de cães que se popularizavam no país naquela época. O objetivo então, era o de obter um animal forte e resistente. Seu nome variou por três vezes, até ser finalmente chamado de Staffordshire, em homenagem a seu condado natal. Saídos da Europa, chegaram à América com a função de cães de guarda em fazendas, chegando, inclusive, a pastorear rebanhos




DICAS DE UM BOM FILHOTE



1. O filhote deve ser desinibido e muito brincalhão, corajoso e muito valente.


2. O filhote deve Ter a aparência saudável e inquieta, com pêlos brilhantes e pesando mais do que aparenta.

3. O filhota deve ser robusto, com peito largo, dorso reto, traseira larga e cauda grossa.

4. Evita comprar um filhote pela cor, escolha sempre pelo temperamento desejado.

OBS: Na compra de um filhote procure canis confiáveis, responsáveis e que criem cães com a proposta de aprimorar esta magnífica raça, excluindo os criadores que criam com a finalidade de rinha ou que dão ênfase exclusivamente a agressividade da raça.



filhotes desponibeis para o final do mes de agosto na cor branca ,morrom.branca e marrom ,red nose e com olhos azuiz,lindos demais,
obs : tenho uma pit bull e é minha companheira e amiga.
Mas hoje, o American Pit Bull Terrier é, ou deveria, ser usado somente como companhia e pit terapia com pessoas "especiais". Não é o mais indicado para guarda e segurança, por causa de seu comportamento dócil e amigável. É importante ressaltar para quem está interessado em adquirir um bom exemplar é necessário que escolha um bom canil e se conheça os pais do filhote, e que também o crie sabendo de suas necessidades de atividades e com respeito e dedicação, que certamente terá um grande e fiel amigo.














Nenhum comentário: