09 março, 2011

POODLE

Nome original


Caniche

País de origem

Alemanha


 
 
 
Poodle ou Caniche
é uma raça de cães de companhia e estimação. É considerada a segunda raça mais inteligente, vindo logo após o border collie e antes do pastor alemão . Em espanhol é chamado de perro de lana (literalmente "cão de lã").


                                                     História


Os poodles são retrievers, ou seja, cães que capturam a presa e levam-na até o caçador. Acredita-se que o poodle tenha sua origem na Alemanha, onde é conhecido por Pudel. A palavra inglesa "poodle" vem do baixo alemão pudel ou puddeln[2], com o significado de chapinhar a água. A raça foi padronizada na França, onde é frequentemente utilizada como retriever de água.
Acredita-se que o corte tradicional de pêlos em forma de bracelete nas pernas era usado antigamente nas caçadas na neve, onde a maioria do pêlo era tosado baixo para facilitar a natação do cão, mas as juntas, pulmões, coração e rins eram mantidas com pêlo alto para protegê-los do frio. O pompom no fim do rabo servia como uma "bandeira" para ser avistado pelos donos enquanto o Poodle mergulhava no fundo da água.


Raças relacionadas são o Cão de água Português e o Cão D'Água Irlandês

                                                  Temperamento


Poodle de olho claro são inteligentes, brincalhões, bons nadadores e caçadores, têm temperamento dócil com seu dono e para com as pessoas com quem estão familiarizados, além de procurarem a companhia de pessoas a quem estejam mais afeiçoados.





Por serem tão inteligentes podem se entediar facilmente, e são bastante criativos em achar travessuras.


São cães extremamente orientados às pessoas e, conseqüentemente, zelosos a elas. São excelentes cães de guarda, e diferentemente de algumas raças de trabalho, normalmente não ficam apegados a uma pessoa só da família. Os Poodles de tamanho gigante e médio tendem a ser docéis com crianças.
Não requerem muito exercício como outros cães de caça, mas são ágeis, e mesmo assim apreciam grandes quantidades de exercícios.




Sempre muito simpatico nosso amiguinho faz sucesso onde vai
procurando chamar atencão de todos pois ele se sente que é o unico.Geralmente quem tem um poodle não arruma outro pois ele é muito amado .

Saude
Como qualquer cão de raça pura, alguns pontos em relação à sua saúde devem ser observados pelos donos e criadores. Apesar de serem normalmente saudáveis, cães mais velhos (não é raro ver um Poodle toy com mais de 16 anos) podem estar predispostos a certos problemas de saúde. Sempre consulte um veterinário antes de tratar doenças por conta própria.







Problemas de saúde freqüentes em Poodles toy: catarata, entropia, epilepsia, degeneração do disco intervertebral, atresia dos dutos lacrimais, Síndrome de Legg-Calvé-Perthes, luxação na rótula, atrofia progressiva da retina, trichiasis, e urolithiasis.






Para os exemplares do tamanho miniatura, os donos devem estar atentos a: catarata, distichiálise, entropia, epilepsia, glaucoma, degeneração do disco intervertebral, atresia dos dutos lacrimáis, Legg-Perthes, luxação na rótula, atrofia progressiva da retina, trichiasis, e urolithiasis.


A alergia é comnum a todos os tamanhos da raça, pode ser facilmente resolvida com um simples exame de sangue






O coração aumentado é comum mas não traz nenhuma consequencia ou limitação à vida do animal.






Todos os Poodles têm predisposição a desenvolver tumores na mama. Se o dono não planeja cruzar sua fêmea deve considerar castrar o Poodle antes do primeiro cio. Isto reduz drasticamente as chances do aparecimento destes tumores…


                                                                Usos

Hoje em dia, Poodles são geralmente mantidos como cães de estimação. Entretanto, é uma raça versátil capaz de caçar, rastrear, proteger ou entreter. Nas alfândegas francesas, por exemplo, os Poodles são usados para encontrar substâncias ilegais. Por causa de seu tamanho modesto, sendo mais adeqüados para vistoriar compartimentos de carros e trens, do que raças maiores como o Pastor Alemão.Para os exemplares do tamanho miniatura, os donos devem estar atentos a: catarata, distichiálise, entropia, epilepsia, glaucoma, degeneração do disco intervertebral, atresia dos dutos lacrimáis, Legg-Perthes, luxação na rótula, atrofia progressiva da retina, trichiasis, e urolithiasis.

Sua inteligência e corpo atlético fizeram do Poodle uma raça popular em performances circenses. Podem competir bem em esportes caninos, como o agility, apesar de que sua natureza independente ou brincalhona pode algumas vezes distraí-los do foco e direção necessária para esses esportes.


O coração aumentado é comum mas não traz nenhuma consequencia ou limitação à vida do animal.








                             Características físicas


Tosa característica dos poodlesPossui cores variáveis, focinho retangular, orelhas pendentes e pelagem crespa e macia. Seus olhos têm coloração marrom, âmbar escuro ou preta, dependendo da pelagem.



O tamanho da raça, de acordo com a FCI, pode ser:
Gigante (ou grande), variando de 45 a 60 cm na altura da cernelha;
Tamanho médio, que varia de 35 a 45 cm na altura da cernelha;
Tamanho miniatura (mini ou anão) entre 28 a 35 cm na altura da cernelha, e
Toy, cujo cão mede no máximo 28 cm na altura da cernelha.

Micro Toy, são menores que 25 cm na altura da cernelha.

 
Pêlo
As cores dos poodles variam entre preto, branco, marrom (ou chocolate), cinza e abricó. Cães com cores parciais (mescladas) existem, mas não são aceitos em exibições oficiais.

O pêlo do corpo dos animais é naturalmente encaracolado. O pêlo das orelhas pode ser reto ou um pouco encaracolado. Com escovação o pêlo do cão continua ondulado ou encaracolado, porém fica mais macio.

Existem vários métodos de tosa para os poodles. Para apresentações em competições, existem apenas três tipos aceitos: o corte de filhote (para cães com até um ano de idade), o "corte Continental" ou "corte de Leão" (com a sua reconhecível juba) e a "tosa inglêsa de sela" (com braceletes nas pernas. Sem tosa regular, o cão fica com o pêlo "trançado" (semelhante à dreadlocks), assim como são os cães da raça Puli



                      Poodle de pêlo trançado

O Poodle de pêlo trançado é o Poodle cujo pêlo foi deixado crescer livremente, sem que fosse feita tosa, ficando com a aparência de tranças ou cordões (em inglês chama-se Corded Poodle, literalmente poodle "atado com corda").

Alguns Poodles têm pêlos que naturalmente se amarram, outros requerem que alguém trance seus pêlos, mas virtualmente todos os Poodles são capazes de ter o pêlo trançado desde que seu pêlo adulto já tenha se estabelecido. Uma vez feitas, as tranças não podem ser desfeitas, sendo necessária a tosa total para que o pêlo cresça normal.
Os historiadores acreditam que os primeiros cães desta raça eram trançados, porém, pela dificuldade inerente à manutenção deste tipo de pelagem, começaram a ser preferidos os de pêlo lanoso.
É sempre importante fazer a toza do pelo dos animais de pelo longo, independente da raça, pois fortifica o pelo e diminui a queda, além de deixar o pelo em boas condições.

Procurei falar um pouco das Informações sobre a raça POODLE, que nunca saiu e jamais sairá de
moda!! Agradeço a Todos os Visitantes do Blog, atenciosamente muito Obrigado. @CanilMiniCompany

5 comentários:

Ingrid - Cor e Make disse...

Que bonitinho! Eu tenho medo de cachorro sabe, mas eu acho mt bonitinho. E não suporto ver pessoas maltratando eles, e nenhum outro tipo de animal.

cor-e-make.blogspot.com

Ana Paes disse...

que lindinha você amei seu comentario .Porque voce aproveita e arruma um micrinho para vc .é tão pequeno que você não vai ter mais medo.bjo

Ana Paes disse...

Ingrid - Cor e Make disse...
Que bonitinho! Eu tenho medo de cachorro sabe, mas eu acho mt bonitinho. E não suporto ver pessoas maltratando eles, e nenhum outro tipo de animal.

cor-e-make.blogspot.com

9 de março de 2011 20:19

Ana Paes disse...
que lindinha você amei seu comentario .Porque voce aproveita e arruma um micrinho para vc .é tão pequeno que você não vai ter mais medo.bjo

9 de março de 2011 20:26

Ana Paes disse...

que lindinha você amei seu comentario .Porque voce aproveita e arruma um micrinho para vc .é tão pequeno que você não vai ter mais medo.bjo

9 de março de 2011 20:26

Ana Paes disse...
Ingrid - Cor e Make disse...
Que bonitinho! Eu tenho medo de cachorro sabe, mas eu acho mt bonitinho. E não suporto ver pessoas maltratando eles, e nenhum outro tipo de animal.

cor-e-make.blogspot.com

9 de março de 2011 20:19

Ana Paes disse...
que lindinha você amei seu comentario .Porque voce aproveita e arruma um micrinho para vc .é tão pequeno que você não vai ter mais medo.bjo

9 de março de 2011 20:26

Ana Paes disse...

É INGRID É UMA PENA MESMO...
MAS MINHA VÓ JA DIZIA ¨OQUE NÃO TEM REMÉDIO REMEDIADO ESTÁ ,O IMPORTANTE É FAZERMOS A NOSSA PARTE¨¨
anninhathe@hotmail.com
bjo